Blogger Widgets

[Resenha #1196] A Senhora do Império - Raymond E. Feist @editoraarqueiro


A Senhora do Império
A Saga do Império # 3
Raymond E. Feist
ISBN-13: 9788580415995
ISBN-10: 8580415993
Ano: 2016
Páginas: 752
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse: Em Kelewan, Mara, a Senhora dos Acoma, sente-se segura e em paz pela primeira vez na vida – até que seus inimigos tentam matá-la e acabam tirando a vida de seu filho. Abalada pela tragédia e cercada por espiões, assassinos e casas rivais, ela enfrentará o maior desafio de sua vida e sofrerá ainda mais perdas durante esse trajeto.
Em busca de justiça, ela verá seus planos frustrados pela Assembleia de Magos, que detém o poder real do Império e mantém a população dócil e domesticada, e também pelos terríveis Mantos Negros, que encaram Mara como a ameaça suprema ao seu poder ancestral.
Então, para assegurar a paz, Mara deverá viajar para além das fronteiras da civilização, desvendando antigos segredos até os portões de Chakaha, a cidade dos estranhos cho-ja. Reunindo toda a sua coragem e astúcia, a Serva do Império iniciará sua maior batalha em nome da sua vida e do seu lar.




Resenha:

Neste último livro da intriga, há muita política, mas também é o livro mais emocionante de toda a série. Mara, agora Senhora do Império está vivendo em tranqüilidade com seu novo marido Hokanu do Shinwanazai e seus filhos Ayaki e Justin. Mas as coisas estão ameaçando borbulhar mais uma vez, e uma tragédia para Mara anuncia o início da maior luta entre as Casas Antigas do Conselho e a aparentemente invencível Assembléia de Magos já vistas. 



Mara perde seu herdeiro, seu amado filho mais velho, ao ataque de um assassino, apesar de o Alto Conselho ter sido dissolvido e a seção do Senhor da Guerra abolido em favor do regime absoluto pelo Imperador, o Grande Jogo continua e Mara é seu maior alvo. A partir desse evento traumático, a sorte quase milagrosa da Senhora parece desaparecer à medida que os eventos vão cada vez mais contra Mara. E nós somos mais uma vez jogados no pano político que é Tsuranuanni. E quando Mara descobre algo chocante, ela começa a frustrar seus inimigos e mudar o mundo de uma vez por todas.


Nesse livro, Mara viaja para além das fronteiras do Império e os de seus vizinhos em território desconhecido e descobri mais sobre o Cho-ja e sua história e cultura. Mara também deve enfrentar seus inimigos e vingar-se da morte de seu filho, mas quando a Assembléia de Magos a proíbe de ir à guerra com seu maior inimigo, o Anasati, ela se vê diante da impossível tarefa de frustrar os magos que parecem estar todos sabendo e podem obliterar uma pessoa em um piscar de olhos. 



Eu realmente gostei de ver mais da Assembléia de Magos neste livro, particularmente os personagens que foram incluídos no Mago de Raymond E. Feist quando Pug é brevemente um membro da Assembléia. Enquanto anteriormente eles pareciam simplesmente ser uma ordem de guardiões de paz, dotados de magia no Império, neste livro a verdade sobre eles é revelada, e é verdadeiramente chocante. Eles se transformam rapidamente de um grupo que age sem preconceito para o bem do Império, com a maioria dos magos tomando partido contra Mara enquanto ela ameaça revelar seus antigos segredos.

Continuo a amar a personagem principal, Mara. Anteriormente, quando confrontada com problemas e ameaças à sua família, Mara tinha chegado à ocasião com tenacidade e extrema desenvoltura, e quando as apostas subiram mais alto neste livro final, ela assume riscos cada vez maiores que mantinham as coisas excitantes. Eu também gostei muito do relacionamento dela com seu novo marido Hokanu neste livro. No entanto, eu senti falta de Kevin, e em muitos aspectos seus temperamentos e idéias contrastantes fizeram uma relação mais interessante de se ler do que a compreensão perfeita de Mara e Hokanu.


Também gostei da forma como as relações de Mara com seus criados e amigos cresceram neste livro. A pressão exercida sobre o Acoma é tal que eles estão todos em risco, mas a devoção de seus amigos para com ela foi mostrada em sua lealdade inquestionável. Os relacionamentos de Mara com o Comandante da Força Lujan e o Mestre de Espionagem Arakasi em particular pareciam crescer e mudar ao longo do livro, quando começaram a atravessar a fronteira entre Senhora e Servo e se tornaram mais pessoais.


A capa segue o mesmo padrão das anteriores, na qual eu gosto muito, e a diagramação, revisão e tradução estão perfeitos.

No geral, este foi um emocionante final de uma série incrível. Eu amei a Trilogia do Império desde o primeiro livro e o início da jornada de Mara da garota insegura para a mulher madura e poderosa que você vê neste último livro. Ela não tem medo de arriscar sua vida pelo que acredita e desafiar as tradições firmes de sua cultura, e rapidamente se tornou uma das minhas heroínas de fantasia favoritas.



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...