Blogger Widgets

[Resenha #1201] Amanhã Eu Paro! - Gilles Legardinier @editoraarqueiro


Amanhã Eu Paro!
Este não é um livro sobre gatos - O fabuloso destino de Julie, uma garota desesperadamente romântica e completamente desastrada
Gilles Legardinier
ISBN-13: 9788580417050
ISBN-10: 8580417058
Ano: 2017
Páginas: 304
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Amazon

Como todo mundo, Julie já fez muitas coisas idiotas na vida. Ela poderia contar sobre a vez que resolveu descer a escada enquanto vestia um suéter e caiu nos degraus, ou quando tentou consertar um plugue ligado na tomada segurando o fio com a boca, ou quem sabe falar de sua fixação pelo novo vizinho que nunca viu: Ricardo Patatras.
Julie tem o irritante hábito de fazer as maiores loucuras quando está apaixonada. E essa obsessão a leva a prender a mão na caixa de correio do vizinho enquanto espiona uma misteriosa carta... E o pior, ainda é flagrada pelo próprio dono da correspondência.
Mas isso não é nada, nada mesmo, se comparado às maluquices que ela vai fazer para se aproximar desse homem e descobrir seu grande segredo. Movida por uma criatividade sem limites, intrigada e atraída por um desconhecido que mora tão perto, Julie assume riscos cada vez mais delirantes, sem perceber que pode cair na própria armadilha.
Com mais de 3,5 milhões de livros vendidos, Gilles Legardinier mostra em Amanhã Eu Paro! uma história original e irreverente que com certeza fará o leitor morrer de rir.




Resenha:


"Qual foi a coisa mais idiota que você já fez na vida? (...) Eu poderia lhe dar cinquenta respostas, todas igualmente ridículas, mas não falo nada. A pergunta dele tem o mesmo efeito de um tapa na cara. Acho, aliás, que não lhe disse mais nenhuma palavra, mas minha cabeça começa a fundir. A coisa mais idiota que eu já fiz na vida? Eu preciso pensar, porque são muitas. Posso fazer uma lista em ordem alfabética ou em ordem cronológica, tanto faz. Uma coisa é certa: desta vez eu serei obrigada a responder a mim mesma. Disso não poderei escapar. Meu cérebro não me deixa nenhuma saída de emergência. Como se fosse o sinal que ele aguardava para me encurralar diante de uma pergunta existencial que eu vinha ignorando havia muito tempo...Eu digo a mim mesma, então, que vou responder honestamente. Por isso estou aqui com você. Vou contar a coisa mais idiota que fiz em toda a minha vida."


Qual foi a coisa mais idiota que você já fez na vida? É a pergunta feita à Julie, a heroína desta história, durante a festa de divórcio de seu amigo Jérôme. E iremos saber qual é, ao longo do livro. 


Julie é uma jovem de 28 anos com muita imaginação e uma vida teoricamente normal, mas, ao mesmo tempo, uma vida marcada por muitas coisas tolas que ela já fez. Claro, isso não é uma grande preocupação, como sempre pode fazer algo ainda mais estúpido e não por isso, ainda mais embaraçoso. Assim são as pessoas, e isso é a vida. Julie teve um relacionamento fracassado, mas ela nunca perde o seu entusiasmo. Ela trabalha em um banco e passa seus dias, sob o olhar atento de um gerente tirânico. E ela não gosta nem um pouco do seu emprego. Julie decide tomar um rumo radical em sua vida, quando o misterioso Ricardo Patatra muda-se para o seu edifício com seus segredos e seu sorriso encantador, a vida monótona de Julie vai mudar drasticamente.

"Talvez fosse melhor comemorar nossos fracassos... Nada de pódio, nada de falsa glória, apenas a felicidade de estarmos vivos, lado a lado. Com certeza temos mais arrependimentos a compartilhar do que motivos de orgulho."

"Achamos que conhecemos o ambiente que nos cerca, mas às vezes basta que um detalhe mude, e você nem desconfia que a sua vida inteira vai mudar. E para isso nunca estamos preparados."




A história é muito divertida. Julie é uma personagem engraçada, divertida, simpática e apesar de suas loucuras e idéias absurdas, é única e muitas vezes irá tocar seu coração. Como a maioria de nós, ela ainda está à procura de seu lugar na vida e sonha com o amor verdadeiro. E quando aparece alguém que pode ter potencial para ser seu amor, ela fica determinada a aprender tudo sobre ele, mesmo às custa de muitos momentos embaraçosos. É preciso admirar o vigor inerente de como tudo começou. 

Não vou fingir que este livro pode mudar sua vida, mas, sem dúvida, através de suas páginas, dá lições de vida. O ritmo da narrativa é rápido talvez um pouco mais frenético do que deveria mas animado, apaixonado e transbordando emoções e imagens únicas. Uma história sobre a vida, as pessoas, amor, as fronteiras entre o realismo e o absurdo, uma história muito pessoal que vai fazer você rir até às lágrimas.

Finalmente, eu amei o estilo e ritmo. Os eventos são ligados, os capítulos são curtos, não há espaço para o tédio. Além disso, a escrita é animada e agradável. Eu também gostei muito das muitas reflexões de Julie, porque eu quase morri de rir algumas vezes. 



O livro não se concentra apenas em histórias bizarras de Julie, ele também se concentra fortemente na sua vida. Sua família, seus amigos, seu trabalho, suas alegrias, suas dores... Ele analisou todos os sentimentos de uma vida, e acima de tudo, ele mostra que, infelizmente, nem tudo é cor de rosa. Mas nos diz para sempre continuar a viver e aproveitar a vida, apesar de tudo. Afinal, ela nos dá muitas surpresas! 


O que dizer da capa? Uma fofura só. Confesso que me interessei pelo livro por causa da capa, já que eu amo gatos, e esse gato está muito engraçado de chapéu! A diagramação está linda demais, a editora fez um excelente trabalho. A revisão e tradução também estão perfeitos. 

"Amanhã Eu Paro!" é um chick-lit cheio de humor, engraçado, um pouco absurdo, mas também é cheio de vida. Este romance dá-nos uma grande lição de vida, nos mostra o poder da escolha. Opção de escolher os sonhos. Não importa o resultado ou consequências. Mas a decisão de se arriscar por alguém que você ama muito e poder ganhar tudo ou nada. Recomendo.



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...