Blogger Widgets

[Resenha #1227] Jantar Secreto - Raphael Montes @cialetras @montesraphael


Jantar Secreto
Raphael Montes
ISBN-13: 9788535928358
ISBN-10: 8535928359
Ano: 2016
Páginas: 360
Idioma: português 
Editora: Companhia das Letras
Classificação: 5 estrelas
Skoob
Compre: Amazon

Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.




Resenha:

Devo iniciar esta resenha pelo fato de que demorei uma semana para conseguir escrever essa resenha. O motivo? Simplesmente devido a magnitude com que eu apreciei essa obra, e precisava digerir tudo antes de vir aqui escrever. Que livro, meus caros, que livro! Desde que eu soube do lançamento de Jantar Secreto, fiquei extremamente animada. Se o Raphael já havia me conquistado com Dias Perfeitos, com Jantar Secreto ele ganhou meu coração.


O livro conta a história de quatro amigos, Dante, Leitão, Hugo e Miguel, que foram morar juntos e estudar no Rio de Janeiro. Durante esse tempo, eles se descobrem, se aventuram e vivem segundo os princípios da jovialidade. Porém, os problemas passam a surgir quando o dinheiro já não é mais suficiente e o aluguel fica atrasado. Para não serem despejados, os amigos tomam uma decisão que muda para sempre suas vidas. 

Leitão, que a princípio foi o responsável por toda a situação, tem a ideia de propor um jantar nada convencional para pessoas com alto poder aquisitivo. Um jantar em que o prato principal era carne humana, ou como eles preferem chamar, carne de gaivota, por um preço que os tiraria da lama. 

"Carne humana vicia. Isso eu deveria ter dito, mas não disse. Pelos trinta mil reais, preferi o silêncio."

É então que a história começa a ficar mais interessante. Os amigos criam um plano para roubar um corpo do hospital em que Miguel trabalha, e sucedem. Eles ainda contam com a ajuda de uma mulher nada convencional, Cora, que antes era prostituta e depois passou a ser namorada do Leitão, mas nas horas vagas também açougueira. Enfim, depois do primeiro jantar, os negócios decolam através de uma parceira inesperada e aquele jantar exclusivo toma uma magnitude inesperada. Os amigos ficam ricos, conquistam o que jamais esperavam conquistar na vida medíocre que viviam, mas ao mesmo tempo começam a perder o rumo de suas vidas. 

"[...] Sou seu termômetro de criminalidade, seu espelho de morbidez, sua bússola de loucura. Mas a verdade é que, se estivesse no meu lugar, você teria feito o mesmo."


Eles passam a se distanciar cada vez mais e a personalidade deles é moldada de uma forma que só um autor como o Raphael Montes consegue fazer. Dante é o narrador-personagem, e através dele a leitura se torna algo tão vívido, tão real e assustador. Quando ele começa a abrir os olhos, questionar a situação e tentar sair daquele loop em que se encontra, os perigos ficam mais reais do que nunca. As manipulações, ameaças e perigos se tornam mais evidentes, e agora é uma questão de vida ou morte. Quem está dentro não pode sair, pelo menos não com vida. Na tentativa de acabar com o negócio, que já tinha tomado proporções inimagináveis, Dante descobre que a única forma de fazê-lo, era acabar com tudo do lado de dentro. 

"A vida é assim: você precisa ter a cara esfregada no esgoto e sentir o cheiro da morte para começar a tentar se redimir."

O desfecho do livro é sensacional, uma reviravolta inesperada, ao nível Raphael Montes. Algo que eu, e imagino que leitor algum, poderia prever. E esse foi um dos melhores pontos do livro, mas não o único. A narrativa é cheia de detalhes incríveis e recursos como conversas de WhatsApp e e-mails, as personagens são muito bem trabalhadas e os diálogos são sensacionais. Como não poderia faltar, tem a marca registrada do autor, que inclui humor negro e inteligente e as referências, que me divertiram tanto que fica até paradoxal quando se trata desse livro. 


Posso dizer, sem dúvida alguma, que esse foi um dos melhores livros lançados em 2016, inclusive um dos meus livros favoritos até agora. A editora fez um ótimo trabalho com a diagramação, a capa é linda e o detalhe das bordas avermelhadas das páginas deixou a obra ainda mais fantástica. Façam um favor para vocês mesmos e leiam Jantar Secreto! Garanto que não irão se arrepender. ;)

"Certa vez, num banheiro público, escrevi um poema:'O ser humano nasceCresce, Reproduz-se,E é servido no jantar.'"

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...