Blogger Widgets

[Resenha #1230] Esta Terra Selvagem - Isabel Moustakas @cialetras


Esta Terra Selvagem
Isabel Moustakas
ISBN-13: 9788535926897
ISBN-10: 8535926895
Ano: 2016
Páginas: 120
Editora: Companhia das Letras
Skoob
Classificação: 2 estrelas
Compre: Amazon

SINOPSE: Depois de presenciar a morte da testemunha ocular de um crime tenebroso, a vida do repórter João nunca mais foi a mesma. A jovem que assistiu à tortura e ao assassinato brutal dos pais, para depois ser abusada de todas as maneiras, deu fim à própria vida diante dele após relatar cada detalhe perturbador do que vivera. A partir deste terrível episódio, o jornalista irá seguir todas as pistas que possam levá-lo a um possível grupo racista que vem cometendo as piores atrocidades contra imigrantes, negros, judeus, nordestinos, gays e quaisquer pessoas que eles considerem impuras. Mas a única pista que ele tem são os cadarços verde e amarelo que eles usam nos coturnos.



Resenha:

A minha primeira impressão à respeito de Esta terra selvagem, foi que este tinha tudo para ser um ótimo livro, porém não foi o que aconteceu. 
O livro é um thriller que retrata a cidade de São Paulo como uma verdadeira zona de guerra, cujos alvos são as minorias e todos aqueles considerados como não pertencentes àquele lugar: LGBTs, negros, imigrantes, nordestinos, etc. 





João é um repórter policial que tem sua vida mudada quando presencia um evento traumático. Sete meses após ter os pais – um boliviano e uma descendente de italianos –brutalmente assassinados, e ser sequestrada, a jovem Marta finalmente decide ceder uma entrevista e pede ao João que vá visitá-la. Após o depoimento, João presencia Marta tirar sua própria vida. 
Algumas semanas depois, a avó de Marta, Dona Agnes, entrega ao João um diário da Marta, em que ela fala sobre o Henrique, um ex-namorado. O tal do Henrique mudou da água para o vinho, quando começou a agir de forma estranha e intolerante. Foi assim que o João começou a seguir todos os indícios possíveis que pudessem explicar o que aconteceu com Marta e sua família. Esse mesmo grupo que cometeu essas atrocidades também era responsável por uma série de outros ataques que vinham surgindo na cidade. Assim, João se envolve de uma forma irreversível com essa busca pela verdade.




Enfim, o livro é basicamente começo, meio e fim, sem ápices na leitura. A autora tinha uma boa história para contar, e apesar de ter uma narrativa fluida, foi bastante cansativa. Além disso, achei os diálogos rasos e não senti simpatia por nenhuma personagem, que na minha opinião, não foram bem construídas. Talvez isso se deve pelo fato de Esta terra selvagem ser um livro curto. 

Eu gostei bastante da capa e a diagramação está ótima, porém algo que me deixou muito descontente foi que algumas folhas vieram soltas (teria sido trágico se elas tivessem voado da janela do ônibus, mas ainda bem que não aconteceu hahaha). 

Assim, finalizo esta resenha com um pouco de desapontamento, mas ao mesmo tempo com a sensação de dever cumprido. Até mais!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...