Blogger Widgets

[Resenha #1247] Sonetos de Amor - Luís de Camões @cialetras


Sonetos de Amor
Luís de Camões
ISBN-13: 9788582850312
ISBN-10: 858285031X
Ano: 2016
Páginas: 72
Idioma: português 
Editora: Penguin Companhia
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse: Os amantes da melhor literatura têm um motivo a mais para celebrar: esta belíssima edição, com uma seleção dos melhores sonetos camonianos sobre o amor. Líricos, eletrizantes e insuperáveis, textos do autor de Os Lusíadas auscultam, a partir da forma poética difundida por Francesco Petrarca (o italiano reputado como o inventor do soneto), o coração de leitores apaixonados.



Resenha: 

Amor é um fogo que arde sem se ver; É ferida que dói, e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer. 

Quem não conhece pelo menos um soneto de Camões? Todos nós estudamos Camões na escola, e lembramos do quanto seus sonetos são líricos e lindos. E para quem ainda não está se lembrando, vamos à um pouco de aula: Luís de Camões (1524-1580) foi um poeta português, dentre seus poemas mais famosos "Os Lusíadas", é de grande importância na literatura portuguesa.


“Luís de Camões amou muito, sofreu muito, teve gozo no seu sofrimento e escreveu dezenas de sonetos (e canções, elegias, odes etc) numa repetida tentativa de entender o que era essa coisa simultaneamente terrível e sublime”, escreve Richard Zenith no prefácio. 






Nessa edição da Penguin de Sonetos de Amor temos um copilado dos melhores poemas, e todos sobre o amor. Recomendo esse livro para quem deseja conhecer o lirismo desse poeta português. E o destaque desse livro fica por conta do trabalho magnífico que a editora fez, a capa tem uma ilustração romântica e metalizada com relevos e em tons pastéis, não tem como não ficar apaixonado por esse livro!



"Um dos atrativos da lírica camoniana se prende com o admirável contraste entre a esmerada perfeição das suas estruturas formais, por um lado, e as emoções turbulentas e atitudes por vezes heterodoxas que essas estruturas enceram, por outro."

"Líricos, eletrizantes e insuperáveis, os poemas amorosos de Luís de Camões auscultam, a partir da forma poética difundida por Francesco Petrarca (o vate italiano que é reputado como o inventor do soneto), o coração de românticos de todas as idades."  


1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...